Procuradora Tais Cunha, faz palestra em seminário internacional sobre Direitos Humanos e Advocacia Pública em Brasília

Compartilhe
Ministro Ayres Britto e Dra. Tais Cunha, diretora da Procuradoria de Direitos Humanos da PGE/RO

A Escola da Advocacia Pública da União promoveu nos dias 11 e 12 de dezembro, o Seminário Internacional “O Sistema Interamericano de Proteção aos Direitos Humanos e a Advocacia Pública”. O evento aconteceu no auditório da Escola da AGU em Brasília/DF.

A Procuradora Tais Cunha, diretora da Procuradoria de Direitos Humanos da PGE/RO,  foi uma das palestrantes no painel  “Desafios do cumprimento de Decisões da Corte Interamericana de Direitos Humanos”.

“Nós, enquanto advogados públicos, precisamos nos articular para essa ação preventiva, que representa um imenso desafio. Nossa iniciativa neste momento, de criação de uma rede integrada à Corte Interamericana de Direitos Humanos, trará resultados nesse sentido”, destacou.

Tais Cunha ainda mencionou a atuação da PGE/RO, com a celebração de acordos de cooperação com outros órgãos do Estado para aproximação das práticas de garantia dos direitos humanos dentro do território brasileiro. “Estamos buscando o diálogo entre as instituições. Já celebramos termos de cooperação com diversas procuradorias e a Advocacia Geral da União”, afirmou a procuradora.

 

Dra. Tais Cunha, procuradora PGE/RO e Dr. André Carvalho Ramos, juiz presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos.

 

No evento, foi assinado acordo de cooperação com a Corte Interamericana de Direitos Humanos (CIDH), buscando maior interação com o sistema interamericano de proteção dos direitos fundamentais e estabelecendo cooperação técnica entre as representações das entidades federativas do Brasil perante a Comissão e a Corte.

“Tive a honra de participar como palestrante neste evento que também contou com a participação do Ministro Ayres Britto, do André de Carvalho Ramos e do Roberto de Figueiredo Caldas, juiz presidente da Corte Interamericana de Direitos Humanos”, disse a procuradora.

De acordo com a procuradora Tais Cunha, o evento teve o objetivo de discutir o fortalecimento da defesa do país nas entidades do sistema interamericano de proteção dos Direitos Humanos e promover a cooperação técnica entre as representações das entidades perante a Comissão e a Corte Interamericana de Direitos Humanos.

A procuradora de Rondônia, ressaltou o acordo de cooperação técnica. “Os procuradores e advogados dos 26 estados e o Distrito Federal estiveram presentes. Estamos nesse evento para fazer com que uma atuação cooperativa e produtiva funcione e para isso trocamos experiências”, disse.

 

FONTE

TEXTO: PAULO BESSE

FOTOS: ARQUIVO PESSOAS DR. TAIS CUNHA

PGE/RO – PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DE RONDÔNIA

 

VEJA MAIS FOTOS:

Compartilhe